Enfim, passei!

4 fev

Depois de certo tempo sem postar nada, resolvi me justificar. Minha vida está um tumulto, passei no vestibular para Engenharia de Petróleo. Desde então tenho gastado todo o meu tempo com os preparativos para a mudança. E acredite fazer matrícula, achar moradia, e tomar as demais providências na cidade grande e até então desconhecida não é nada fácil.

Nesse post vou falar um pouco sobre a minha alegria ao ter um sonho realizado. Meu ano de 2010 foi muito difícil, afinal eu era uma pessoa que gostava muito de sair e estar em contato com todo mundo. Mas era ano de vestibular, eu precisava me esforçar e abrir mão de certas coisas.


Sempre fui de estudar muito, mas sempre estudei em escola pública. E em minha cidade não havia nenhum cursinho pré-vestibular. E pra piorar ou não a situação, passei para um curso técnico na cidade vizinha e comecei a fazer.

Então eu fazia o terceiro ano do ensino médio na minha cidade de manhã, curso técnico à tarde (entre um e outro eu tinha o intervalo de apenas meia hora), e eu chegava em casa as 18 horas. Quando chegava eu precisava dar aula, já tinha aluno me esperando, e eu terminava com isso por volta das 22 horas. Só então eu podia comer alguma coisa e tomar outro banho. A noite estava só começando. Eu precisava estudar. Eu fazia isso até por volta de uma hora da madrugada, de vez em quando até mais. E no dia seguinte acordava as seis e tudo começava novamente.

Achei que eu fosse enlouquecer, e minha mãe também pensou, tive que achar uma hora vaga durante o tempo que eu dava aula para ir à academia, era minha válvula de escape e meu único contato social.Perdi minha vaidade nessa época, só durante as manhãs de sábado eu podia dedicar um tempo para mim.

E só mais um detalhe: eu tinha um namorado, e precisava disponibilizar um tempo para ele. Confesso que ele me ajudou muito, pois passou a vir me ver só quando eu podia quase sempre nos fins de semana. Minha vida social acabou, tive que dar um adeus às festas, e aos muitos amigos. Eu só os via na escola e no tal curso.

No mês de novembro, eu tive a certeza que eu não iria aproveitar nada no curso técnico. A maioria das coisas que ensinavam, eu já havia estudado, e ele era na área da saúde. Só serviu para me mostrar que eu não poderia ser médica, não tenho nenhuma vocação para isso. Uma semana antes do Enem eu abandonei esse curso. Se tivesse parado antes, poderia ter tido mais tempo para estudar pro vestibular. Mas minha mãe não achava certo abandonar o curso no início.

Juntamente com o abandono do curso, a chegada do Enem, veio o fim do meu namoro. Eu não agüentava mais tantas responsabilidades. Por sorte, eu já havia estudado o conteúdo necessário para minhas provas, só faltava mesmo revisar.

No fim do ano de 2010 eu pude então retomar parte da minha vaidade, e vida social. Passei a sair com minhas amigas nos fins de semana. Eu estava bem mais tranquila.

Chegaram as provas das federais, e o nervosismo que as acompanha. E juntamente uma indecisão absurda. Fiz as provas pro curso que eu não queria.

Depois de toda essa batalha veio o resultado do Enem: minha nota foi muito satisfatória, pelo menos para mim. E então consegui uma vaga com ela. E melhor, num curso que depois de muito ler, vi que era o ideal para mim.

Estou super feliz e realizada. Vi que todo meu esforço valeu muito à pena. E modéstia a parte, me orgulho de mim. Afinal eram pouquíssimas vagas, fiquei em uma boa colocação. E o mais incrível: não precisei de cursinho pré-vestibular, sou de escola pública e passei direto do terceiro ano para a universidade. E não é justo falar que foi porque sou cotista. Minha nota daria mesmo se eu não fosse.

Então fica um recado de amiga para vocês: escola pública, em sua maioria tem a qualidade do ensino inferior se comparada a particular, mas o aluno faz a escola. Com muito esforço é possível sim conseguir aquilo que se julga quase impossível. Sempre corra atrás dos seus sonhos, não deixe que ninguém o atrapalhe nesta batalha, e faça sempre aquilo que o seu coração achar melhor.

Queen B.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: